Equinodermos

Voltar
Você está aqui:

Echino, de modo geral, indica espinhos, que unido a derme se refere a animais que possuem espinhos na pele ou na superfície corporal. Logo, equinodermos são os animais, representados por estrelas e ouriços-do-mar, que possuem espinhos na pele.

Estrela do mar
Estrela do mar

Características gerais

Os equinodermos são animais triblásticos, celomados, deuterostômios (ou que o blastóporo dará origem ao ânus) e possuem sistema digestório completo, com digestão ocorrendo por evertimento estomacal para captura de presas no meio externo. Realizam respiração papular (cutânea), como a estrelas-do-mar; branquial, como o ouriço-do-mar; ou através da árvore respiratória, como o pepino-do-mar.

Equinodermos possuem sistema nervoso, composto por anel nervoso e nervos radiais, e sistema ambulacral ou hidrovascular, formado por placa medrepórica, canal pétreo, ampola e pé ambulacral. Esse sistema hidrovascular reduz a função do sistema circulatório, pois distribui os nutrientes e retira as excretas, como também é responsável pela fixação e locomoção do animal.

Anatomia da estrela-do-mar
Anatomia da estrela-do-mar

Classes e reprodução

Existem cinco classes para os equinodermos: Asteroidea (estrela-do-mar), Echinoidea (ouriço-do-mar e bolacha-da-praia), Ophiuroidea (estrelas serpentes), Crinoidea (lírios-do-mar) e Holoturoidea (pepino-do-mar). Esses animais, de forma geral, são dioicos, sem dimorfismo sexual, apresentando desenvolvimento indireto e fecundação externa, quando a reprodução for sexuada, com simetria bilateral durante o estágio larval e radial para os adultos. Mas podem se reproduzir de forma assexuada, também conhecida como regeneração.

Anterior Cordados
Próxima Moluscos

Deixe um comentário