Fundamentos de ecologia

O que você precisa estudar hoje?

Voltar
Você está aqui:

 

A ecologia é uma ciência experimental de observação. Exige rigoroso e amplo conhecimento para interpretação dos fenômenos da natureza e da interação dos indivíduos com o meio ambiente. Os estudiosos dessa ciência são chamados de ecólogos e trabalham gerando hipóteses, manipulando as variáveis possíveis, observando os resultados e integrando as novas descobertas com o conhecimento já estabelecido.

O estudo do meio ambiente através da ecologia possui um sistema hierárquico biológico, apresentado do mais geral ao mais específico pelos ecossistemas: biosfera, paisagem, ecossistema, comunidade, populações e organismo.

Planeta Terra
Planeta Terra

Biosfera

O objeto de estudo da ecologia global é a biosfera. Ela representa a soma de todos os ecossistemas e paisagens do planeta e é responsável por estudar como ocorre a troca regional de energia, a distribuição dos organismos na biosfera e as matérias que influenciam o seu funcionamento. Para que se torne possível, eles são divididos em biomas, biociclos, biócoros e fronteiras de ecossistemas, de acordo com suas características.

Os biomas são ecossistemas divididos de acordo com suas semelhanças, como clima e vegetação.

Já para a divisão dos biociclos são considerados as diferenças entre os ambientes terrestre ( epinociclo), marinho (talassociclo) e de água doce (limnociclo).

A classificação dos biócoros é realizada através dos diferentes tipos de cobertura vegetal, representados por floresta, savana, campo e deserto.

Fronteiras de ecossistemas envolve alguns conceitos, como a faixa de transição entre os ecossistemas vizinhos, também conhecida como ecótone, que representa uma zona com características graduais de ambos os ecossistemas. Hábitat, que é a região que proporciona condições ambientais favoráveis para uma espécie se desenvolver. E nicho ecológico, que engloba o modo de vida de uma espécie, como nutrição, interação e reprodução, em seu hábitat.

Os nichos ecológicos são ricas áreas de estudo e desenvolvimento de homeostasia ambiental. Isso ocorre diante da sua capacidade de ilustrar o modo de vida dos indivíduos de uma espécie e entender o papel de cada um para a manutenção do equilíbrio dinâmico ecológico.

Paisagem

Paisagem significa o conjunto ou mosaico de ecossistemas conectados. O estudo ecológico de uma paisagem mantém o foco nos fatores que controlam e que influenciam as trocas de energia e matéria, bem como a de organismos entre ecossistemas diversos.

Ecossistema

A ecologia de ecossistemas estuda o conjunto de organismos de uma determinada área e os fatores físicos com os quais eles interagem, enfatizando o fluxo de energia e os ciclos químicos entre os organismos e o meio ambiente. Logo, esse estudo trata dos componentes abióticos ou não vivos e bióticos ou vivos.

Comunidade

Comunidades são estruturas sociais desenvolvidas por um grupo de populações que habitam numa determinada área. A ecologia de comunidades é responsável por analisar como o modo de interação das espécies afeta a estrutura e organização social criada, sendo então considerados somente os fatores bióticos e a interação interespecífica ou de espécies distintas.

No estudo das interações interespecíficas entre os seres vivos de uma comunidade são considerados, quanto a nutrição ou nível trófico, dois tipos de organismos, os autótrofos e os heterótrofos. Os autótrofos são os organismos capazes de sintetizar as próprias moléculas químicas carbonadas ou fontes orgânicas de carbono, sendo representados pelos organismos fotossintetizantes ou pertencentes ao reino Metaphyta, e os quimiossintetizantes, como as Arqueas e Bactérias.

Já os organismos heterotróficos não são capazes de montar as próprias moléculas orgânicas compostas por carbono. Isso indica que eles necessitam se alimentar de seres autótrofos para conseguir uma nutrição adequada. Os heterótrofos são divididos em seres que ingerem seres vivos, como os carnívoros, herbívoros, onívoros e parasitas, e os que ingerem matéria morta, como os detritívoros, necrófagos e decompositores.

Ambos os organismos, autótrofos e heterótrofos são classificados e distribuídos de acordo com níveis tróficos. Essa classificação indica a sequência dos integrantes numa cadeia alimentar e o fluxo de energia entre os participantes.

Pirâmide trófica
Pirâmide trófica

População

População é definida como um grupo de indivíduos de uma mesma espécie que vivem numa mesma área, sendo a ecologia de populações direcionada para o estudo dos fatores que afetam o tamanho populacional, caracterizando esse tamanho populacional ao longo do tempo e observando a interação intraespecífica ou de indivíduos de uma mesma espécie.

Organismo

Os organismos são as peças individuais dos estudos em ecologia. A ecologia do organismo aprofunda a sua análise através da ótica de outras áreas do conhecimento individual, como a ecologia fisiológica, evolutiva e comportamental, focando na estruturação do enfrentamento dos indivíduos frente aos desafios impostos pelo meio ambiente.

Anterior Ciclos biogeoquímicos
Próxima Impactos ambientais

Deixe um comentário